Full
Banner
Place
Holder
História da Festa
As primeiras cerejeiras vindas do Japão foram plantadas em 1936, por ocasião da inauguração do Sanatório Dojinkai. Eram da variedade Takasago e se adaptaram bem ao clima de Campos do Jordão e continuam apresentando belas floradas no início da primavera.
Em 1937, para comemorar a fundação da Colônia Lageado, Dr. Shizue Hosoe enviou 10 mudas das variedades Taizan, Botan e Amazonas, plantadas pelos colonos da região. Esses plantios foram um teste bem sucedido, já que as cerejeiras se adaptaram bem ao clima da Mantiqueira, sendo Campos do Jordão a única região no Brasil onde as cerejeiras do Japão floresceram efetivamente.
Posteriormente foi introduzida a variedade Okinawa, que floresce precocemente no inverno. O floricultor Mário Utyiama dedicou-se à multiplicação de outras variedades, como Benifuken, Yoshiro, e Oshima, através da técnica de enxerto em espécies diferentes, produzindo variedades híbridas.
No Palácio da Boa Vista, residência oficial de inverno do Governo do Estado de São Paulo, foram plantadas, em 1967, quinhentas mudas da variedade Some Yoshino, procedentes do Japão.
A florada das cerejeiras começou a atrair japoneses de diversas regiões, saudosos do espetáculo das Sakuras que, anualmente, presenciavam na sua terra.
O número de visitantes cresceu ano após ano, fato que despertou nas autoridades jordanenses a ideia de criar um evento com festividades musicais, danças e feira de artesanato para recepcionar esses visitantes.
Em 5 de outubro de 1968, o Prefeito Municipal em exercício, Arakaki Masakasu, sancionou a lei da Câmara Municipal, de autoria do Vereador Fausto Bueno de Arruda Camargo, que instituiu a Festa da Cerejeira em Flor de Campos do Jordão.
As primeiras festas foram realizadas na Cogumelândia, na Vila Jaguaribe, então propriedade de Mário Utyiama. Posteriormente o evento foi transferido para o Bosque São Francisco Xavier, localização atual da festa, onde as cerejeiras floresciam em abundância, principalmente a variedade Yoko, plantadas por Hirofumi Haruna.
Patrocinadores







Apoio


Realização